Publicado em Deixe um comentário

Câncer de tireoide: sinais e sintomas

A atenção para o surgimento de sintomas indicativos de câncer de tireoide pode ajudar no diagnóstico precoce da doença. Pensando nisso, separamos alguns sinais de alerta para serem acompanhados junto ao médico:

➡️ Nódulos (principalmente quando associados à submissão à radioterapia e crescimento acelerado);
➡️ Rouquidão;
➡️ Falta de ar;
➡️Dificuldade na deglutição

Mantenha exames periódicos para a detecção precoce e a visita regular a especialistas.

Publicado em Deixe um comentário

Julho Verde: Mês de combate ao câncer de cabeça e pescoço

Durante todo o mês de julho, a campanha intitulada “Julho Verde” vem alertar sobre o combate ao câncer de cabeça e pescoço, que, de acordo com o Instituto Vencer o Câncer, corresponde a 3% de todos os tipos de câncer que acomete os brasileiros. E mais: os cânceres de laringe e da cavidade oral são os mais comuns dessa região e mais de 60% deles ocorrem na glote.

O câncer de cabeça e pescoço é caracterizado pela presença de nódulos malignos ou benignos, que se localizam em regiões como tireóide, boca, gengiva, bochechas, laringe, faringe e seios paranasais. O tratamento, que depende do avanço da doença, pode ser feito com radioterapia, quimioterapia ou cirurgia.

Mesmo sabendo da necessidade das visitas regulares ao seu médico, é importante conhecer os sintomas aparentes para os cânceres de cabeça e pescoço. Alguns deles:

🔺Dores nos ouvidos ou pescoço;
🔺Dificuldade para engolir;
🔺Mudança no paladar e/ou na voz;
🔺Rouquidão persistente;
🔺Aftas frequentes;
🔺Nódulos no pescoço;
🔺Manchas brancas na boca, gengiva e bochechas;
🔺Lesões com sangramento na boca e demora na cicatrização;
🔺Mau hálito persistente.

Publicado em Deixe um comentário

Funcionamento da Oncovida

A Oncovida adaptou toda a sua forma de atendimento para oferecer o máximo de segurança para os pacientes. Lembrando que pacientes oncológicos não devem abandonar o tratamento ainda que neste período de pandemia de Coronavírus.

Especialidades:
Hematologia
Nutrição (online)
Oncologia e cirurgia oncológica
Psicologia (online)

Contatos:
Telefone fixo: (71) 3341-4175
WhatsApp: (71) 99918-0211
Endereço: Centro Médico Iguatemi, 4° andar, Caminho das Árvores

Publicado em Deixe um comentário

Consulta online com nutricionista!

Devido à pandemia de Coronavírus e, pensando no bem-estar e na saúde de todos, a nutricionista da Oncovida, Raquel Barros, está atendendo de forma online!

Interessados podem entrar em contato e agendar uma consulta.

Telefone fixo: (71) 3341-4175
WhatsApp: (71) 99918-0211
Endereço: Centro Médico Iguatemi, 4° andar, Caminho das Árvores

Publicado em Deixe um comentário

Alguns cuidados necessários contra o Coronavírus

Adotar algumas atitudes faz toda a diferença contra a COVID-19 e, de acordo com Ministério da Saúde e a Sociedade Brasileira de Oncologia Clínica (SBOC), entre elas estão:

  • Não interromper o tratamento oncológico;
  • Manter a higiene das mãos, lavando-as com sabonete por menos, 40-60 segundos ou higienizando-as com àlcool em gel 70% por 20-30 segundos, diversas vezes ao dia.
  • Evitar contato físico, como cumprimentar com beijos e abraços;
  • Evitar contato com qualquer pessoa que tenham sintomas gripais e ou/ esteja em investigação para possível infecção do COVID-19;

  • Evitar contato com pessoas estejam chegando do exterior, com ou sem sintomas gripais;

  • Evitar ambientes fechados e principalmente aglomerações;

  • Pacientes que vão a um centro de tratamento oncológico devem ir acompanhados de apenas uma pessoa, e este acompanhante não pode apresentar nenhum sintoma de gripe.

Publicado em Deixe um comentário

Comunicado Oncovida: Coronavírus

Em virtude do coronavírus (Covid-19), de acordo com as recomendações das autoridades sanitárias, devemos evitar cumprimentos com aperto de mãos e abraços. Portanto, sintam-se acolhidos no consultório com o nosso sincero cumprimento com um sorriso.

Também disponibilizamos, na recepção, álcool gel para ser utilizado antes de entrar na sala, bem como orientamos a correta lavagem das mãos. Ao sair, por favor, utilizem novamente o álcool gel.

Fiquemos tranquilos, mas atentos sempre!

 

Atenciosamente,

Equipe Oncovida.

Publicado em Deixe um comentário

Carnaval: o que comer durante a maior festa do verão

Alimentação balanceada faz parte da organização para garantir uma boa resistência e energia durante a folia, além de prevenir também possíveis viroses e demais doenças infectocontagiosas. Independente de onde e como o folião vá curtir o carnaval, é importante saber o que ingerir e principalmente como é feito o preparo dos alimentos.

De acordo com a nutricionista da Clínica Oncovida, Raquel Barros, tudo começa pela hidratação: “É importante ingerir mais do que os três litros de líquido por dia e não necessariamente precisa ser só de água. Muitas frutas aquosas fazem as vezes da água, além dos sucos e chás. Então, uma média de 3,5 litros a 4 litros por dia é o ideal para esse período de festa”, orienta.

Além das frutas e verduras que são alimentos leves e garantem vitaminas e minerais que auxiliam no bom funcionamento do organismo, o consumo de fibras e proteínas magras também é indicado para os dias de festa: “Leites, ovos, carnes cozidas e grelhadas são excelentes pedidas. Para aqueles que não possuem restrições e não abrem mão da bebida alcoólica, a ingestão de vegetais verdes escuros (brócolis, couve, rúcula, agrião) auxilia no bom funcionamento do fígado, facilitando o processo de desintoxicação”, ressalta a nutricionista.

Assim como é importante salientar o que se deve priorizar em época de festa, também vale ressaltar o que não deve ser consumido. Principalmente “se o preparo não for feito em casa ou por pessoas de sua confiança. Comidas com molho como por exemplo o cachorro quente, saladas, frutos do mar ou qualquer preparação com maionese e/ou creme de leite devem ser evitadas. A intoxicação alimentar é algo sério que pode ser contida se os cuidados prévios forem tomados”, conclui.

De acordo com a nutricionista, pacientes oncológicos devem ter cuidado redobrado: “Pacientes oncológicos podem e devem se distrair respeitando a particularidade e a situação clínica de cada um, no entanto, uma vez que o carnaval envolve multidões, é possível que isso abale a imunidade, logo, a atenção deve ser ainda maior”.

Para mais dicas, clique aqui!